Popará

quarta-feira, novembro 7

Tim Festival

Foi culpa do Tim Festival. E da mostra de cinema. O ritmo do trabalho oficial esteve rápido demais e quem sofre é o blog, que vai continuar aqui. Mas vai continuar esperando eu retomar minha vontade de olhar para ele.

Fiz praticamente sozinha a cobertura do Tim aqui em São Paulo - Jonas ajudou indo aos shows de jazz - e para não perder todo o trabalho no meio do arquivo do iG, vou postar aqui os links. Sei que a essa altura ninguém mais vai ter saco para ler isso, não é a intenção. Não é para agora. É para a posteridade (haha).

Antes, um minuto de silêncio para Cat Power, que fez os dois melhores shows do festival. Agora sim, os links. Em todos eles, atalhos para galerias de fotos e vídeos das apresentações.

Com soul e blues, Cat Power arrasa corações em São Paulo

De alma limpa e bom humor, Cat Power volta a São Paulo para se superar

Em São Paulo, alquimista Girl Talk brinca com a música pop

The Killers encerra maratona com show profissional no Anhembi

Simples e direto, Arctic Monkeys faz Anhembi acordar e cantar junto

Com festa de cores e sons, Björk repete em SP o show do Rio

Juliette Lewis faz muita graça e pouca música em São Paulo

Tim Festival em SP: Hot Chip e Spank Rock animam começo de noite

3 Comments:

  • iééé
    muitos minutos de silêncio para a deusa chan.
    e eu perdi o show dela dessa vez.
    mas só dessa vez. ela é meu cupido, arranjou meu namoro que hoje completa 6 anos, e já me deu 3 beijinhos (sim, porque gaúcho dá 3 beijinhos).
    sem frescura.
    beijo.
    jamer.

    By Blogger jamer, at 5:42 PM  

  • ainda nao entendi como o Travis não foi pro Brasil.

    By Blogger Túlio, at 8:22 PM  

  • O maior incentivo no dia seguinte foi perceber na singela expressão que o show havia sido realmente o melhor. Por isto eu fui na segunda apresentação... E realmente!!! Foi...

    By Anonymous San..., at 5:52 PM  

Postar um comentário

<< Home