Popará

terça-feira, setembro 18

She's a lady

Como disse a amiga Marcela, a discotecagem do Daniel Ash no último sábado foi engraçada de um jeito totalmente diferente do previsto. A coisa já pareceu errada quando ele abriu o set com Jet e Black Rebel, mas ficou tudo bem mais esquisito com os remixes de Tom Jones, Pink Floyd e The Doors que vieram enfileirados. Um choque atrás do outro e tudo fora de lugar.

Enquanto eu saía da Clash, após cerca de uma hora de música ruim, ele botava Lou Reed ("Walk on the Wild Side", claro) e o que veio depois disso vai ficar por conta da nossa imaginação.

2 Comments:

  • Se fosse uma hora só de Tom Jones, teria sido bom, ué. ;)))

    Beijos.

    (Mr. Guavaman, modo cafona ligadaço)

    By Anonymous Anônimo, at 8:35 PM  

  • Primeiro um post sobre o Milo e a educaçao desmedida. Agora as discotecagens grotescas feitas por gente que desconhece ou despreza musica. Em algum lugar, blogs sobre os bigodes na cena... O indie rock e a cultura indie morreram, Juliana.

    abrasss
    R.

    By Anonymous rodrigo coelho, at 9:05 AM  

Postar um comentário

<< Home